07/02/2018 0 comentários Rede de hidrantes

SISTEMA DE HIDRANTES

Os sistemas de hidrantes compõem-se basicamente de redes de distribuição, providas de pontos de hidrantes (simples ou duplos) compreendendo:

  • Abrigo metálico.
  • Mangueiras de incêndio.
  • Válvula globo angular.
  • Adaptadores, chaves e tampões Storz.
  • Esguichos sólidos ou reguláveis.

hidrantes

É um sistema de proteção ativa, destinado a conduzir e distribuir tomadas de água, com determinada pressão e vazão em uma edificação, assegurando seu funcionamento por determinado tempo. Sua finalidade é proporcionar aos ocupantes de uma edificação, um meio de combate para os princípios de incêndio no qual os extintores manuais se tornam insuficientes.

Os componentes de um sistema de hidrantes são:

  • Reservatório de água, que pode ser subterrâneo, ao nível do piso elevado;
  • Sistema de pressurização.
    • O sistema de pressurização consiste normalmente em uma bomba de incêndio, dimensionada a propiciar um reforço de pressão e vazão, conforme o dimensionamento hidráulico de que o sistema necessitar.
    • Quando os desníveis geométricos entre o reservatório e os hidrantes são suficientes para propiciar a pressão e vazão mínima requeridas ao sistema, as bombas hidráulicas são dispensadas.
    • Seu volume deve permitir uma autonomia para o funcionamento do sistema, que varia conforme o risco e a área total do edifício.
  • Conjunto de peças hidráulicas e acessórios.
    • São compostos por registros (gaveta, ângulo aberto e recalque), válvula de retenção, esguichos e etc.;
  • Tubulação;
    • A tubulação é responsável pela condução da água, cujos diâmetros são determinados, por cálculo hidráulico.
  • Forma de acionamento do sistema
    • As bombas de recalque podem ser acionadas por botoeiras do tipo liga-desliga, pressostatos, chaves de fluxo ou uma bomba auxiliar de pressurização (jockey).
    • O Corpo de Bombeiros, em sua intervenção a um incêndio, pode utilizar a rede hidrantes (principalmente nos casos de edifícios altos). Para que isto ocorra, os hidrantes devem ser instalados em todos os andares, em local protegido dos efeitos do incêndio, nas proximidades das escadas de segurança.
    • A canalização do sistema de hidrante deve ser dotada de um prolongamento até o exterior da edificação de forma que possa permitir, quando necessário, recalcar água para o sistema pelas viaturas do Corpo de Bombeiros.
  • O dimensionamento do sistema é projetado:
    • de acordo com a classificação de carga de incêndio que se espera;
    • de forma a garantir uma pressão e vazão mínima nas tomadas de água (hidrantes) mais desfavoráveis;
    • que assegure uma reserva de água para que o funcionamento de um número mínimo de hidrantes mais desfavoráveis, por um determinado tempo.